Equipamentos Municipais

O concelho da Ribeira Grande dispõe de um conjunto razoável de equipamentos destinados a apoio social das famílias residentes.

O seguinte quadro mostra a quantidade e diversidade de equipamentos de apoio social destinados a contribuir para o desenvolvimento social, combater a pobreza e a exclusão social, nomeadamente nos sectores da população mais fragilizados.

Quadro de Equipamentos e Entidades Culturais

Grupos de Equipamento Total
Creche
9
Jardim de Infância
19
ATL
6
Centro de Bem Estar Infantil/Juvenil
1
Centro de Desenvolvimento Infantil
1
Centro de Apoio à Criança
1
Ateliers de Apoio à Criança
2
Ludoteca
1
Lar de Crianças e Jovens
2
Lar de Idosos
4
Apoio ao Domicílio
2
Centro de Dia
9
Associação Crescer em Confiança
1
Total
58

Deste quadro pode-se concluir:

  • A maioria dos apoios destina-se ao sector infantil e juvenil:

    • Existem 19 jardins-de-infância, normalmente acoplados às escolas básicas, de que todas as freguesias possuem pelo menos um;

    • As creches são apenas 9, redistribuídas pelas freguesias mais populosas, como é o caso da Matriz, da Conceição e de Rabo de Peixe;

    • Os ATL são apenas 6, distribuídos um em cada uma das seguintes freguesias: Maia, Pico da Pedra, Rabo de Peixe, Ribeira Seca, Ribeirinha e Santa Bárbara;

    • Para além destes existem ainda alguns centros de apoio e bem estar para crianças e jovens, um na Matriz e dois em Rabo de Peixe;

    • Existe ainda dois ateliers destinados à criança e ainda uma ludoteca, todas em Rabo de Peixe;

    • Por último existem dois lares de crianças e jovens, um na Maia e outro na Conceição.

  • O apoio ao idoso é bastante menos forte, distribuindo-se da seguinte forma:

    • Os centros de dia, 9 ao todo, distribuem-se um por cada uma das seguintes freguesias: Calhetas, Fenais da Ajuda, Maia, Pico da Pedra, Porto Formoso, Conceição, Ribeira Seca e Ribeirinha (esta última com dois centros);

    • Existem ainda quatro lares de idosos, um dos quais é feminino, na Maia, em Rabo de Peixe e dois na Matriz;

    • O apoio ao domicílio está sedeado na Conceição e Maia, mas cobre parte significante do concelho.

  • Por último existe uma Associação dedicada a casos de violência doméstica, toxicodependência e outros, que tem sede na Vila de Rabo de Peixe.

As instituições mais activas no quadro do apoio social são as Santas Casas da Misericórdia, nomeadamente a de Ribeira Grande e a da Maia, bem como as Casas do Povo.

No que respeita às Santas Casas a actividade da de Ribeira Grande tem mais de quatrocentos anos e actua sobretudo nas freguesias de Conceição, Matriz, Ribeira Seca, Rabo de Peixe e Calhetas e a da Maia com quase cem anos, cuja área de actuação abrange as freguesias de Fenais da Ajuda, Lomba da Maia, Lomba de S. Pedro, Maia, Porto Formoso e São Brás. São instituições com grande actividade social nomeadamente nos seguintes domínios:

  • Apoio a idosos: Ribeira Grande: apoio domiciliário (16 funcionários), centro de dia; centro de convívio (Calhetas e Ribeira Seca), lavandaria e outros; Maia: apoio domiciliário (6 funcionários), lar de idosos para 13 utentes, lavandaria e outros;

  • Apoios a Crianças e Jovens: Ribeira Grande: Creches e Jardins de Infância (4), ATL (5); Unidades de orientação Educativas (3); Maia: lar de jovens (12 crianças);

  • Projectos especiais: A SCM da Ribeira Grande está a desenvolver o Projecto Integrado de Desenvolvimento Sócio-Habitacional de Rabo de Peixe, o Centro de Economia Solidária – EcoSol, actua como distribuidor do Banco Alimentar; faz acções de formação e programas de ocupação e múltiplas acções no domínio cultural; A SCM da Maia inaugurou recentemente o Museu do Tabaco.

São vários ainda os projectos em desenvolvimento na Santa Casa da Misericórdia, como o Centro Juvenil de Aprendizagem e Inovação, os Centros de Actividades Ocupacionais da Ribeira grande e de Rabo de Peixe e o Centro de Artes e Ofícios, para apenas mencionar alguns.

Para além das Misericórdias, as Casas do Povo são outras entidades muito activas no concelho. Algumas são consideradas IPSS, e muitas delas dedicam-se ao desenvolvimento de iniciativas de apoio social, tais como creches, jardins-de-infância, centros de convívio, apoio à toxicodependência e outros.

X
X